10 desvantagens do uso de bordados em tecidos

10 dicas sobre o uso de bordados em tecidos

Quando ainda não existiam tantas técnicas para personalização de roupas ou outros tipos de peça de tecido, o bordado era bastante utilizado. No entanto, com o surgimento de novos materiais e novas máquinas, outras técnicas passaram a ganhar espaço no ramo da estamparia e personalização de roupas. Apesar de ser possível produzir bordados de qualidade, a utilização dele para a confecção, principalmente de logomarcas e símbolos, vem diminuindo por conta de algumas desvantagens do uso de bordados. Confira algumas delas abaixo

  1. As limitações técnicas do bordado levam a uma perda de detalhamento dos desenhos a serem confeccionados.
  2. Não é possível variar tanto as cores, pois os bordados dependem das opções de cores disponíveis nos cartazes de linhas.
  3. O custo acaba sendo mais alto, quando o desenho precisa de preenchimento. Apenas no caso dos bordados vazados que é possível produzir peças a um custo menor.
  4. É bastante difícil fazer com que a reprodução do desenho na peça de tecido fique fiel ao original.
  5. As cores do bordado vão desbotando conforme as lavagens do tecido.
  6. O tempo para produção do bordado é maior em comparação a outras técnicas. O que também acaba colaborando para o custo final das peças.
  7. O bordado não é recomendado para confecção de desenhos mais complexos ou elaborados, mas apenas para pequenas personalizações.
  8. É necessário um programa de computador especial para fazer a transferência do desenho para a máquina.
  9. Para cada imagem diferente, é preciso fazer uma nova matriz do bordado utilizando o programa.
  10. Outras técnicas de estamparia são capazes de apresentar resultados melhores que o bordado.

 

Como substituir o bordado?

Por conta de todas as desvantagens que o bordado tem e suas limitações, outras técnicas que surgiram passaram a substituí-lo na confecção de logomarcas, símbolos e brasões. Um bom exemplo disso é o uso do Power Film.

Ele é ótimo para estampar letras e desenhos com contornos bem definidos, devido a sua alta versatilidade. O Power Film nada mais é do que uma película de vinil de diversas cores para máquina plotter de recorte. Primeiro, o desenho é impresso no filme e recortado. Feito isso, ele é transferido para o tecido por uma prensa térmica.

A utilização do Power Film permite reproduzir fielmente os desenhos com uma qualidade bem melhor em comparação aos bordados. Também é possível utilizar várias cores, fazendo a combinação de recortes do Power Film. Diferentemente de outras técnicas de impressão que só podem ser usadas em tecidos de algodão ou sintéticos, o Power Film pode ser utilizado em ambos os tipos de tecido. Para isso, além do filme, só são necessários uma plotter de recorte e uma prensa para transferência.

Não deixe que as desvantagens do bordado limitem o seu trabalho. Experimente utilizar novas técnicas de impressão, como o Power Film. Você pode melhorar a qualidade do seu trabalho e oferecer um número maior de alternativas para os seus clientes.

 

Ficou com alguma dúvida sobre o Power Film? Compartilhe com a gente nos comentários!



[dynamichidden categoria-post "categoria_do_post_atual"]
[dynamichidden post_atual "post_atual"]

Summary
10 desvantagens do uso de bordados em tecidos
Article Name
10 desvantagens do uso de bordados em tecidos
Description
Quando ainda não existiam tantas técnicas para personalização de roupas ou outros tipos de peça de tecido, o bordado era bastante utilizado. No entanto, com o surgimento de novos materiais e novas máquinas, outras técnicas passaram a ganhar espaço no ramo da estamparia e personalização de roupas.
Author

Deixe abaixo seu comentário